Thursday, May 11, 2017

Samico on Homeless Monalisa

In Portuguese a text about Samico's work Via Láctea Constelação da Serpente which was on view in New York last winter.

http://homelessmonalisa.com/obra/via-lactea-constelacao-da-serpente/


"Quatro casas são protegidas por quatro homens e uma serpente. Na mata no Acre disseram-me que a serpente protegeria nossas caminhadas circulares no escuro, na arena do ritual da felicidade onde ao centro há uma estrela, e assim protegeria a caminhada cósmica por entre as árvores, sobre os rios, pelo céu. A Via-Láctea é protegida pela mesma serpente como uma projeção da escala humana de dentro da floresta para a magnitude astronômica no infinito escuro. Se ainda há tantos ruídos no entendimento de sistemas complexos, pelo menos a questão da escala entre o corpo e a amplitude da galáxia nos alcança se for atrelada ao tempo: são cem mil anos luz de ponta a ponta, sendo que o nosso sol está um pouco além da metade do caminho entre o centro e a margem. Imagine que viajando à velocidade da luz em uns 20 mil anos chegaríamos ao centro, no momento do nascimento da galáxia – viajaríamos 20 mil anos para o passado."